O que você precisa saber sobre o Novo Coronavírus?

O que você precisa saber sobre o Novo Coronavírus?

Você já deve ter ouvido falar no Novo Coronavírus, certo?
Por se tratar de um vírus novo, sabemos muito pouco a respeito de como ele se comporta no corpo humano. Porém já sabemos que o vírus tem uma taxa altíssima de contaminação e os principais prejudicados com a doença são as pessoas com mais de 60 anos.

Preparamos esse material para te ajudar a entender como funciona o contágio, os cuidados que você precisa ter para se proteger e uma descrição dos principais sintomas com uma orientação para saber como agir em caso de suspeita.

A transmissão do vírus ocorre através de gotículas respiratórias ou contato com objetos e superfícies contaminadas por essas gotículas. Por isso a higienização e o isolamento social é uma medida extremamente importante nesse estágio.
O tempo médio de transmissão pode ser de até 7 dias e mesmo sem sintomas é possível transmitir o vírus.

Quando houver necessidade de contato com outras pessoas, é recomendado que se mantenha uma distância de 1,5m e que se evite aglomerações.


Atenção especial à higiene. Lembre de lavar as mãos adequadamente e com frequência. Quando não for possível lavar as mãos, faça uso do álcool em gel.


Observe seus movimentos para que não tenha contato com a pele. Nesse momento abraços, beijos e aperto de mãos estão proibidos.

Não compartilhe objetos pessoais como copos, pratos, talheres, toalhas de rosto ou banho. Separe os pertences de cada um na casa e usem individualmente.

Essa é uma das medidas mais eficientes já adotada em muitos países afetados pelo Novo Coronavírus. O distanciamento social é muito importante para o controle do avanço da doença e para diminuir a chance de sobrecarregar o sistema de saúde.

Evite visitas desnecessárias, principalmente a pessoas com mais de 60 anos, e/ou portadores de doenças como diabetes, hipertensão, insuficiência renal crônica, doença respiratória crônica e doenças cardiovasculares.

Se você pode, faça sua parte ficando em casa!
Lembre de manter os ambientes limpos e ventilados sempre que possível.

Os sintomas se parecem com os da gripe e demoram entre 5 e 10 dias para começar a aparecer.
Esse é um vírus que ataca principalmente as vias respiratórias. Por isso, fique atento! A falta de ar é um sinal de que a doença está se agravando e é nesse momento que você deve procurar ajuda médica.
É possível que você não apresente nenhum sintoma, e ainda assim seja portador do vírus. Por isso, não se descuide! Mantenha os cuidados recomendados e proteja todos a sua volta.

Apresento os sintomas! O que eu faço?

Primeiramente, mantenha a CALMA!
Na maioria dos casos a doença não é tão agressiva. A recomendação é que se você apresentar qualquer sintoma, procure o isolamento domiciliar e cuide da sua saúde, mantendo uma boa alimentação e monitorando a temperatura do corpo.
Procure assistência médica apenas se você pertencer ao grupo de risco ou apresentar dificuldades respiratórias.

 

NÃO ESPALHE O PÂNICO!
Fique atento às informações reais e faça a sua parte como cidadão, incentivando parentes, amigos e vizinhos a colaborarem.
Essas medidas irão ajudar a controlar o avanço da doença e, em breve, voltaremos a nossa vida normal.

Colabore! Cuide-se.

 

No Comments

Post A Comment