VARIZES: o que são, quais os sintomas e como é feito o diagnóstico?

VARIZES: o que são, quais os sintomas e como é feito o diagnóstico?

Em termos que simplifiquem a compreensão: varizes são primordialmente veias que já não estão com seu funcionamento correto, ou seja, já não atuam com perfeição na circulação do sangue. Se apresentam de forma dilatada e deformada, com coloração púrpura e geralmente se localizam nas pernas.

Embora mais frequentes em mulheres com mais de 30 anos, as varizes também atingem os homens, chegando a afetar até um quinto dos homens em maior ou menor grau. São aproximadamente dois milhões de casos somente no Brasil e a maior incidência nas mulheres se deve a dois fatores de risco específicos: gravidez e menstruação.

Entre os homens, o grande dificultador está na desinformação, na noção errada de que varizes são problemas exclusivamente femininos. Essa situação atrasa o diagnóstico e, consequentemente, o tratamento.

O que são varizes

 

O sistema circulatório funciona como o transporte de sangue e oxigênio do coração ao restante do organismo, mantendo todas as células do corpo abastecidas e saudáveis. Entretanto, alguns fatores de risco – que incluem genética, sedentarismo, tabagismo e pílulas anticoncepcionais – fazem com que algumas deixem de funcionar.

Em alguns casos, esse não funcionamento da veia não acarreta em qualquer dano, uma vez que o próprio sangue se adapta e procura outras veias saudáveis para circular. Em outras, porém, a intervenção médica é fundamental para evitar maiores riscos à saúde.

Tipos de varizes

Veias tronculares

Também conhecidas como veias varicosas do tronco, são mais comumente encontradas nas pernas e também as mais visíveis por estarem mais à superfície da pele.

Espessas, são torcidas e alongadas e costumam ser bastante dolorosas, podendo inclusive afetar a veia safena e causar complicações como a flebite superficial e a trombose venosa profunda, ambas potencialmente perigosas em termos de tratamento.

O sinal de alerta acontece quando essas veias apresentam alteração na forma e no tamanho, te tornando não apenas visíveis, mas bastante evidentes.

Microvarizes

São também conhecidas como Telangiectasias ou Aranhas Vasculares, os vasinhos que caracterizam as microvarizes se caracterizam por pequenos vasos sanguíneos que se aproximam da pele por dilatação.

O nome de Aranhas Vasculares se deve à sua aparência, semelhante a uma teia, que se espalha pela região afetada.

As microvarizes são pequenas e não representam riscos expressivos, porém, como toda doença vascular, podem afetar o trânsito do sangue ao coração e causar desconforto como sensação de peso e cansaço.

Veias reticulares

De tamanho médio, são encontradas em regiões como pernas e rosto, em especial ao redor do nariz. Surgem em razão de válvulas fracas ou danos nas veias e possuem uma aparência muito mais discreta que as tronculares, mas isso não significa que não possam gerar complicações.

A boa notícia é que geralmente essas varizes não representam riscos à saúde. Entretanto, a confirmação só pode ser feita por um especialista.

 

Sintomas

 

Entre as principais queixas de pacientes com varizes estão a sensação de queimação e cansaço, que faz com que as pernas pareçam pesadas. Esses sintomas variam desde desconforto até dor e inchaço.

Os sintomas tendem a ser percebidos somente ao final do dia, depois de um longo período de pé ou sentada, e depois parecem desaparecer, seja pela movimentação das pernas que promovem maior circulação, seja pela posição de descanso, deitadas, igualando as pressões venosas no coração e nas pernas.

Esse desaparecimento dos sintomas, entretanto, não significa solução do problema.

 

Diagnóstico

 

É importante destacar que o sistema circulatório influencia na saúde de todo o corpo e não pode ser negligenciado. Dessa forma, o diagnóstico precoce pode ser uma ferramenta importante para evitar transtornos futuros. Em nossa atuação, verificamos o histórico clínico do paciente através de seus relatos e observação especialmente dos membros inferiores.

Para o aprofundamento do diagnóstico, fazemos uso de um  eco-dopler,  exame que fornece imagens da rede vascular e do fluxo sanguíneo, observando as varizes com maior rigor e garantindo o tratamento adequado.

Em alerta, mas sem pânico

 

Assim como todas as doenças físicas, as varizes têm causas, consequências e métodos de prevenção. E o melhor de tudo: tratamento.
No próximo artigo saberemos um pouco mais sobre essa doença que atinge uma a cada cinco mulheres e um a cada quinze homens.

Importante: se suas varizes causam dor intensa e não há alívio dos sintomas sob nenhuma circunstância, procure auxílio médico!

Agende sua consulta com os médicos da Clínica Vena:

☎pelo telefone: 54. 3538.1666
📱pelo whats: 54. 99112.7039 (clique aqui: bit.ly/whatsVena)
💻pelo site: bit.ly/agendarClinicaVena

No Comments

Post A Comment